Competências requeridas para os empregos

Provavelmente, você já tenha ouvido falar das denominadas competências transversais. Trata-se das habilidades que podem representar uma vantagem em seu desempenho profissional, além da formação acadêmica que você possui. Nos cargos, além do conhecimento técnico requerido para cada posição, existem virtudes específicas que podem potencializar a obtenção de resultados e que os profissionais da seleção consideram cada vez mais.

Algumas delas são desenvolvidas com a experiência profissional mas, em geral, podem ser trabalhadas e melhoradas também em nossa vida diária. Neste post mencionamos algumas das mais importantes para que você comece a identificá-las.

Trabalho em equipe

Devemos ser conscientes que, na maioria de trabalhos, nossos resultados dependerão do conjunto de ações de vários empregados e inclusive de departamentos. Contar com capacidades de gestão de pessoas nos ajudará a alcançar nossos objetivos da maneira mais eficaz e eficiente.

Proatividade

As empresas e os líderes das equipes valorizam contar com uma mente ativa e pensar em soluções para situações diárias, além de que sejam executados processos já estabelecidos. Comunicar nossas ideias, sempre de maneira educada, dará sinais de sermos pessoas comprometidas e com capacidade de melhoria contínua.

Busca de feedback

Sempre é recomendável solicitar feedback e opiniões sobre nosso trabalho, tanto de nossos chefes como de colegas, para poder estabelecer linhas de melhoria. Perder o medo às críticas, que nesses casos deve ser construtiva, é sinal de maturidade e inteligência.

Gestão das mudanças

Ser uma pessoa adaptável às diferentes situações é uma capacidade muito valorizada, especialmente em determinados cargos, onde se está em contato com muitas pessoas e são cobradas constantemente soluções para diferentes demandas.

Resolução de problemas

Os três pontos chave que são muito considerados na hora de resolver problemáticas surgidas em nossos trabalhos são: o critério (saber onde procurar e quem consultar para obter os dados que precisamos para pôr em funcionamento a solução); a utilidade (que a solução seja adaptada e sustentável no tempo) e a rapidez (que a proposta resolutiva não se atrase no tempo).
Ana Gómez Regidor
Departamento de Desenvolvimento ACCIONA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *