Searching for: Miguel Ángel Rodríguez Molina

A entrevista de incidentes críticos

Você já ouviu falar da entrevista de incidentes críticos? Dentro do Departamento de Recursos Humanos, as pessoas encarregadas de realizar processos de seleção às vezes utilizam esta técnica, que permite obter informação diferente à resultante da tradicional entrevista de seleção, baseada em perguntas curtas e isoladas.

Qual é a diferença? A entrevista de incidentes críticos utiliza uma estratégia estruturada de exploração, que possibilita conhecer o que fez o candidato, como o fez, o que sentiu sobre uma situação real acontecida no passado mas relevante para o cargo.
O selecionador solicitará ao candidato uma explicação sobre como enfrentou certa situação passada.

Por exemplo: Conte alguma vez em que, perante um conflito de interesses dentro de seu departamento, você priorizou os diferentes objetivos do mesmo.

É importante que o selecionador redirecione o candidato se ele começar a narrar uma situação desde uma forma verbal diferente da primeira pessoa.

Por exemplo: No ano passado, aumentamos o faturamento do departamento a través…

O importante aqui é detectar comportamentos e atitudes específicas do candidato que realmente aconteceram. Essa informação nos permitirá conhecer a adequação de um profissional para determinado posto de trabalho.

Características:

1. Identifica comportamentos concretos que aconteceram no passado: mais confiável que a informação que você pode obter sobre situações futuríveis do tipo: como você agiria perante determinado problema?

2. Tenta comparar as competências necessárias do posto com as competências reais que o candidato desenvolveu no passado.

3. Tende a eliminar tendências subjetivas: não importa tanto a percepção de como o candidato o fez, mas o que ele fez.

Portanto, é importante conhecer esta técnica se você está em um processo de pesquisa ativa.

 

Miguel Ángel Rodríguez Molina
Departamento de formação
Acciona Recursos Humanos